terça-feira, maio 23, 2006

Prancha sobre a Timmiella



Estes são dois estudos para a composição de uma prancha A3 ou 2 A4. Este trabalho vai ser feito a tinta da china e servirá como conclusão sobre o que aprendi sobre a Timmiella barbuloides. Penso que esclarece bem que, afinal, um musgo não é apenas um tapete verde e fofinho mas um conjunto de pequenas plantinhas a viver em comunidade.
Ainda tenho de decidir se vou incluir texto (o nome da espécie e uma legenda das várias partes) e como inserir as escalas.
Todas as sujestões são benvindas.

5 comentários:

Anónimo disse...

eu sugiro que ponhas um texto sim e com a parte que "não é apenas um tapete fofinho" lol, a sério, fica giro! :P Sempre Isabel P.

Filipe disse...

Olá, a tua prancha está a ficar com bom aspecto, vais usar cor em algumas das outras estruturas?
O que eu penso essencialmente é que em relação a escala deverias colocar na vista geral do musgo (aquele que está a cor agora), o resto basta ir relacionando com essa pessa (ou seja já se tem uma ideia do esporogónio isolado depois de vê-lo na outra peça, não sei se me faço entender...).
Em relação à disposição das estruturas penso que como estão não se percebe muito bem de onde vêm, especialmente as imagens de microscópio, provavelmente seria bom indicar qual é a zona que se está a observar na planta.
De resto está a ficar com optimo aspecto.
Um abraço
Filipe

Anónimo disse...

Sara, estão fantásticos os desenhos
Muito expressivos e minuciosos, ;)
***
Sofia

Marina brióloga disse...

"Penso que esclarece bem que, afinal, um musgo não é apenas um tapete verde e fofinho mas um conjunto de pequenas plantinhas a viver em comunidade."
Excelente comentário!

Sara Simões disse...

Obrigado pelos comentários! E pelo entuasmo pelos musgos! :)