segunda-feira, julho 14, 2008

Ilustrações para conto russo

Acabei três ilustrações para um conto russo. Estas ilustrações vão ser expostas no Encontro de Ilustração no Feminino, em que irei participar e que terá lugar em S. João da Madeira de 2 a 4 de Outubro de 2008.
Aqui ficam o conto e as ilustrações.


A MULHER MAIS BELA DO MUNDO

Era uma vez uma menina que se chamava Olguita.
Olguita estava sentada à porta de uma casa, lavada em lágrimas. Ela chorava, chorava, chorava…

A dada altura, as pessoas que passavam pararam e perguntaram-lhe: -“Porque choras, menina?”
Ela respondeu-lhes: -“Porque perdi a minha mãe.”
E as pessoas da aldeia insistiram: -“Mas como se chama a tua mãe?”
- “Chama-se mãe!”, respondeu-lhes.
- “Mas, onde é que ela vive? Onde é que tu vives?”, tornaram elas.
-“Eu vivo na minha casa!”.

Já ninguém sabia o que havia de fazer. Mas ainda assim, voltaram a perguntar-lhe: -“Com quem se parece ela? Como é a sua cara? Podes descrever a tua mãe?”

-“Oh! A minha mãe é a mulher mais bela do mundo”, disse a menina. Foi então que decidiram trazer todas as jovens mães da aldeia à presença de Olguita.
-“Não, esta não é a minha mãe. Não, esta também não é. E aquela também não!”
E recomeçou a chorar.

Subitamente, uma mulher de avental apareceu do outro lado da rua. Era uma mulher muito, muito gorda, de cara redonda e anafada, com uns olhos que brilhavam de alegria.
Logo que viu a filha, correu para junto dela e exclamou: -“Minha filhinha, minha pequena Olguita!”

E a menina saltou para o colo da mulher, abraçou-a e, virando-se para as pessoas da aldeia, disse: -“Vêem, esta é a minha mãe, a mulher mais bela do mundo!”

A MULHER MAIS BELA DO MUNDO
CONTO RUSSO TRANSCRITO POR HOLLY PAXTON
PUBLICADO EM “UM MUNDO DE CRIANÇA – APRENDER A LER O MUNDO”, OIKOS, 1993:14

7 comentários:

Seleção Brasileira disse...

eh ate q esse blog eh bom

Pedro Almeida Design disse...

Belíssima ilustração! Belíssimo conto! Muitos Parabéns! Esse pequeno conto é uma lição de vida!

PMBC disse...

A propósito de um comentário anterior que aproveito para agradecer: Comprei já há uns anos o livro do Christopher Lambert, que achei fantástico.
Sonho um dia fazer o mesmo.

dilarp disse...

Está muito conseguido o movimento dos personagens, parabéns!

Filha do Vento disse...

fantástico sara! Optimo trabalho! Adoro, como sempre

Pecola disse...

Já me inscrevi e vou lá estar! :)

geometricasnet disse...

Admiro muito o seu trabalho