quinta-feira, agosto 12, 2010

As Berlengas nas Caldas da Raínha



A exposição "Berlengas: Esboços de Naturalistas", resultado da primeira expedição do Grupo do Risco ao arquipélago das Berlengas em Junho de 2007, tem seguido em itinerância pelo país fora. Já passou por Peniche, Aveiro, S. João da Madeira, Faro e Arrábida.


Agora é a vez das Caldas da Raínha. Até ao dia 5 de Setembro, a exposição pode ser visitada no Museu José Malhoa, no parque D. Carlos I, de terça a domingo, das 10:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:00.


Vale a pena ir fazer um passeio às Caldas: conhecer o Museu Malhoa - dedicado à pintura naturalista portuguesa -, passear no jardim, comer cavacas, comprar boa fruta na Praça da República e dar um pulinho à praia da Foz do Arelho. Para os birdwatchers fica tambem a sujestão de uma visita ao Paúl da Tornada ou à Lagoa de Óbidos.

6 comentários:

Pedro disse...

Viva Sara. Ainda não consegui ver a exposição. Talvez agora, em Caldas...
Há muito tempo que não compro um aguça-bicos mas se encontrar algum, digo.

Sara Simões disse...

Olá, Pedro!
As Caldas são um lugar simpático para ir ver a exposição. Deveria passar também por Lisboa, mas não há previsão de nenhuma data.
Em Setembro vamos ter exposição sobre a Amazónia no Pavilhão do Conhecimento em Lisboa. Essa já vai ser noutra escala. :)
Ainda não fui ver a tua exposição a Sintra, mas não a posso perder!! Vamos ver se este fim-de-semana vou já tratar disso!
Beijinhos!

Erica disse...

Oh, que saudades do chinfrim das cagarras ao fim do dia!

Sara Simões disse...

É um bonito chinfrim!

dilarp disse...

Alô Sara! Permite-me uma correcção: o horário de fecho do Museu não è às 18:00h mas sim às 17.00.
Para que não aconteça a outros o que me aconteceu a mim, que tive que ver a exposição em 5 min, pois cheguei lá eram 16.52.

dilar

Sara Simões disse...

Olá, Dilar. Obrigada pelo alerta. Já está corrigido.
Eu talvez vá às Caldas no dia 29. Vamos ver.
Beijinhos.